sexta-feira, 27 de julho de 2012

quinta-feira, 26 de julho de 2012

MOMENTOS MUITO COMPLICADOS em PORTUGAL


Opinião

ESTÃO A MATAR A CIÊNCIA
ESTÃO A DESTRUIR A EDUCAÇÃO


Era sabido que criar um mega Ministério de Educação era asneira da grossa (assim como ter acabado o Ministério da Cultura). O Mega Ministro não tem tempo de se coçar com o secundário e esqueceu-se das Universidades e da Investigação. Não é prioridade nem há interesse. A Secretária de Estado para estes assuntos não tem dado sinal de vida. Quanto à Fundação para a Ciência e Tecnologia a inoperância não é menor. Por todos os lados a falta de pontaria é notória e esta idea de mudar tudo apressadamente, mesmo aquilo que funcionava, é preocupante.


Alguns pontos muito preocupantes (entre o secundário e o superior):
- a obrigatoriedade de escolaridade
-o fecho de escolas
 - os mega agrupamentos escolares
 - a falta de garantia de colocação de professores 
- o pagamento a bolseiros de investigação 
- a descontinuidade de contratação de Bolseiros Ciência 
- a enorme dificuldade de execução de verbas de projectos e de contratação 
- a falta de apoio a infra-estruturas
… e a lista seria longa.


Uma proposta do Governo aponta para o corte total na dotação para a Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN), que possibilita às universidades aceder a bases de dados bibliográficos internacionais (por exemplo BION). Com a crise financeira generalizada é muito difícil às bibliotecas Uuniversitárias suportarem assinaturas de revistas especializadas. Sem este apoio, difícil de ser suportado individualmente pelas FACs, a investigação científica será destruida em Portugal.

O meu sentimento é de desânimo, de falta de perspectivas no futuro, em particular ver o esvaziamento de pessoas das instituições e sentir a falta de condições de trabalho a que outros governos anteriores nos tinham habituado.
 Que saudades tenho de políticas diferentes (Mariano Gago e sua equipa).

Juntemo-nos num enorme protesto! 

MET HD 2012-2013


The Met: Live in HD 2012-2013
Performance Schedule
Na Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa
  Donizetti's L'Elisir d'Amore (New Production)
 - October 13, 2012

Starring: Anna Netrebko and Matthew Polenzani

  Verdi's Otello - October 27, 2012

Starring: Johan Botha and Renee Fleming
  Adès's The Tempest (Met Premiere)
 - November 10, 2012

Starring: Simon Keenlyside
  Mozart's La Clemenza di TitDecember 1, 2012

Starring: Elīna Garanča, Giuseppe Filianoti, and Barbara Frittoli
  Verdi's Un Ballo in Maschera (New Production)
 - December 8, 2012
Starring: Marcelo Álvarez, Karita Mattila, Dmitri Hvorostovsky and Kathleen Kim
  Verdi's Aida
 - December 15, 2012

Starring:i Ludmyla Monastyrska, Roberto Alagna, and Olga Borodina
  Berlioz's Les Troyens - January 5, 2013

Starring: Deborah Voigt, Susan Graham, Marcello Giordani, and Dwayne Croft
  Donizetti's Maria Stuarda (Met Premiere) - 
January 19, 2013

Starring: Joyce DiDonato and Elza van den Heever
  Verdi's Rigoletto (New Production)
 - February 16, 2013

Starring: Piotr Beczala, Željko Lucic, and Diana Damrau
  Wagner's Parsifal (New Production)
 - March 2, 2013

Starring: Jonas Kaufmann, Katarina Dalayman, Peter Mattei and Evgeny Nikitin
  Zandonai's Francesca da Rimini - March 16, 2013

Starring: Eva-Maria Westbroek and Marcello Giordani
• Handel's Giulio Cesare (New Production)
 - April 27, 2013

Starring: David Daniels and Natalie Dessay

terça-feira, 24 de julho de 2012

... Paraty a cidade dos escritores


Todos os anos o mundo da escrita encontra-se em Paraty (Brasil).
A festa dos escritores, dos escritos, dos livros…
O ano passado Hugo Valter Mãe fez chorar a plateia.
Este ano José Luis peixoto leu, na Casa da Cultura, na íntegra (40 pags) sem retirar uma virgula, o seu primeiro livro - "Morreste-me” - um testemunho sobre a perda do pai. Alguém disse que é o livro mais triste, depois do “Só” de António Nobre. Um momento único que não se repete com frequência.

Alguns livros de JLP
A Mãe Que Chovia
A Criança em Ruínas
Abraço
Gaveta de Papéis
Cemitério de Pianos
Cal
Uma Casa na Escuridão
Antídoto 

sábado, 21 de julho de 2012

... 3 histórias...



Casa das Histórias / Paula Rego (CHPR)

Entrada gratuita

Percurso Expositivo


A DAMA PÉ-de-CABRA (Curadoria Helena Freitas)

Paula Rego e Adriana Molder

Primeira apresentação internacional de trabalhos inéditos em conjunto. Sob inspiração direta da narrativa histórica de Alexandre Herculano, A Dama Pé de Cabra, as duas artistas conceberam, em simultâneo, um conjunto de trabalhos autónomos, de grandes formatos.
Paula Rego (n. 1935) desenvolve neste novo ciclo de trabalhos um fulgor imagético e narrativo que a lenda lhe inspira, em total liberdade de traço e composição. Um desafio entre as duas artistas de duas gerações e formações diferentes, unidas "por uma matriz figurativa comum, ambas poderosas nos desígnios e na ambiçõa dos eu trabalho".

INNERVISIONS (Curadoria Catarina Alfaro)

Colecção da CHPR

DARK SKIES

Pedro Calapez

Remontagem de pinturas da Coleção CHPR + Dark Skies de Pedro Calapez. A exposição Innervisions apresenta a colecção da Casa das Histórias Paula Rego através de uma estratégia expositiva diferenciada que parte de um diálogo não ilustrativo entre uma das mais emblemáticas obras da artista, Anjo (1998) e uma série inédita de trabalhos do artista contemporâneo Pedro Calapez, concebida especificamente para este momento como um envolvimento/instalação.

Um espaço magnífico (Souto Moura) / 3 EXPOs a não perder.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

… Frequências

Na interface ARTE/CIÊNCIA, químicos e artistas de Barcelona reuniram-se e criaram uma magnífica exposição sobre os elementos químicos. Cada elemento da Tabela Periódica absorve luz em frequências específicas que lhe conferem um espectro que é uma verdadeira “impressão digital”.
Eugènia Balcells, Lali Bosh e Santiago Alvarez são os responsáveis.

A EXPOSIÇÃO

ANOS LUZ inaugura a 18 Set 2012 no edifício TABACALERA em Madrid (espaço gerido pelo Ministério da Cultura e sede do futuro Museu de Arte baseado em novas tecnologias).

A Subdireção Geral de Promoção das Belas Artes é um Departamento do Ministério de Educação, Cultura e Desporto (Espanha) organiza a exposição, depois de ter concedido a Eugènia Balcells a Medalha de Ouro de Mérito das Belas Artes no ano 2009.

A exposição estende-se por um amplo espaço, com projecções, livro-catálogo, documentação e várias actividades relacionadas com o tema.
As instalações a visitar incluem:
FREQUÊNCIAS E UNIVERSO
HOMENAGEM AOS ELEMENTOS
VISLUMBRAR O UNIVERSO

Spin-offs:
Disponibilização duma Tabela Periódica (Mural) e capa da Revista Chemistry Intl.





quarta-feira, 18 de julho de 2012

... exemplar!


O SENHOR IBRAHIM E AS FLORES DO CORÃO

Um texto de Eric-Emmanuel Schmitt
Em Paris, nos anos 60, Momo, um rapazinho judeu de doze anos, torna-se amigo do velho merceeiro árabe da rua Bleue. Mas as aparência iludem: o Senhor Ibrahim, o merceeiro, não é árabe, a rue Bleue não é azul e o rapazinho talvez não seja judeu.

Um representação exemplar - Teatro Meridional
Miguel Seabra

"- Porque nunca sorris, Momo? - perguntou-me o Senhor Ibrahim.
- Sorrir é coisa para pessoas ricas, senhor Ibrahim. Não tenho meios para isso.
Para me aborrecer começou precisamente a sorrir.
- E julgas que eu sou rico?
- Tem sempre notas na caixa. Não conheço ninguém com tantas notas à frente durante todo o dia.
- Mas as notas servem para pagar a mercadoria e a renda. Sabes, pouco me resta no fim do mês.
E sorria ainda mais, como que para me provocar.
- Senhor Ibrahim, quando digo que é uma coisa de pessoas ricas, quero dizer que é algo para pessoas felizes.
- Pois bem, é aí que te enganas. É o facto de sorrir que nos faz felizes.
- Uma ova.
- Experimenta.
- Uma ova, já disse.
- És bem educado, não és, Momo?
- Que remédio, senão apanho uns tabefes.
- É bonito ser bem-educado. Amável é ainda melhor. Experimenta sorrir e logo verás.
(...)
No dia seguinte comporto-me mesmo como um doente que tivesse sido picado toda a noite: sorrio a todos.
- Não, senhora doutora, peço desculpa mas não compreendi o exercicio de matemática.
Pumba: sorriso.
- Não consegui fazê-lo!
- Pois bem, Moisés, vou explicar-te outra vez.
Nunca tinha visto uma coisa assim. Nada de descomposturas, nem de avisos. Nada.
Na cantina...
- Não se importa de me dar mais um pouco de creme de castanha?
Pumba: sorriso.
- Sim, com queijo fresco...
E obtenho-o.
(...)
É a embriagez. Já nada me resiste. O senhor Ibrahim deu-me a arma absoluta. Metralho toda a gente com o meu sorriso.

... uma tabela periodica diferente!


Neste link (http://www.uky.edu/Projects/Chemcomics/index.html) umdeterminado elemento da tabela periódica é abordado por várias bandas desenhadas de forma parcial.
O conteúdo deste site reflecte aquelas ideias mais exploradas e significados sobre determinado elemento.




Articles About The Comic Book Periodic Table